Seja bem vindo ao Mato e Cia. Aqui você encontrará materiais destinados ao curso de graduação em Engenharia Florestal e áreas afins. As fotos podem ser utilizadas, mas não se esqueça de mencionar o blog como fonte.







sábado, 15 de agosto de 2015

Qual a diferença entre Engenharia Florestal e Engenharia Ambiental?

Esta é uma dúvida muito comum entre os aspirantes a uma vaga em curso de nível superior na área ambiental. Há, é claro, muitas áreas de atuação semelhante entre estes profissionais. No entanto, como forma de responder, de modo simplista, esta questão, trago a seguinte explicação:

De maneira bem resumida, começo por definir a Engenharia Florestal. Como o nome indica o Engenheiro Florestal é preparado para trabalhar com a Floresta, todos os seus produtos e desdobramentos  econômicos, ambientais e sociais. É o profissional que tira o máximo das florestas e zela pelo mínimo impacto ambiental. O Campo de trabalho é amplo, destacando-se a implantação de povoamentos florestais (ex. gênero Eucalyptus spp. para abastecimento de industrias de celulose, serrarias, carvoarias...); manejo de florestas (nativas ou povoamentos plantados); recuperação de áreas degradadas; inventário florestal; tecnologia da madeira ( pisos, lâminados, chapas...).

Já o Engenheiro Ambiental pode ter sua formação com enfoques distintos. Por exemplo, há o enfoque sanitarista e o agrícola. Em ambos os casos é ampla a área de atuação.Estes profissionais tratam de questões relacionadas á poluição da água, do ar , do solo. O enfoque sanitarista trata, por exemplo, da correta destinação de resíduos e todos os desdobramentos sobre o meio ambiente e a saúde humana. O agrícola preocupa-se com a produção de insumos agrícolas em correta consonância com questões ambientais.